Olá, Madames Amélias que amam viajar!!!

O Diário de Férias de hoje é sobre FORTALEZA, capital do estado do Ceará, com mais de 900 mil habitantes! Se você perdeu o primeiro post, com a visão geral da viagem pelo Nordeste, clique aqui!

Chegamos em Fortaleza dia 12/12/2015 no final da tarde. A reserva, feita 2 dias antes num hotel charmoso na Praia do Futuro, que aceita animal de estimação, não foi processada. Como o hotel estava cheio, tivemos que procurar hospedagem em outro lugar.

Por um lado, ficamos chateados. Por outro, aliviados. Ouvimos de várias pessoas que a Praia do Futuro é a melhor praia de Fortaleza, razão pela qual procurei hospedagem na mesma… Todavia, o que não sabíamos é que a região da Praia do Futuro está repleta de lugares ermos, construções abandonadas, terrenos baldios e há poucos hotéis, o que significa que há pouco comércio e lugares alternativos para passear ao redor.

Como Augusto, nosso cãozinho shih tzu, estava conosco, as opções de hospedagem ficaram bem limitadas. Buscamos opções de hotéis que aceitam animais de estimação no Booking e os mais legais estavam lotados! Foi aí, então, que ficamos sem bateria nos celulares, o carregador do carro pifou e não sabíamos pra onde ir, rs.

Rodamos, rodamos e chegamos na Praia de Iracema, localizada num bairro nobre com o mesmo nome, repleto de hotéis, prédios residenciais luxuosos e muitas opções de restaurantes, bares, lojas e lazer! Fomos em alguns hotéis e nada de dar certo… não aceitavam animais e as diárias partiam de R$ 860,00. Estava fora do nosso orçamento!

Já era noite quando achamos um apartamento mobiliado para locação num prédio residencial que foi simplesmente um presente de Deus: vista para o mar, aceitaram o Augusto, bem localizado, confortável, ar condicionado split e banheira com hidromassagem!!! Ihuuul! Fizemos a festa, rs.

O prédio se chama Terraço do Atlântico e locamos o apartamento com a Catiana Almeida, da Thethis Brasil Locação de Imóveis. Os contatos são 85.3231-1700 ou 85.9 9993-0254, sendo este último o whatsapp da Catiana. Pagamos R$ 260 a diária. Vejam que lindo o apê:

.

.

Dentro de Fortaleza, há 4 praias: Iracema, Meireles, Mucuripe e do Futuro. São todas lindas, mas somente a Praia do Futuro e um trecho da Praia de Iracema são próprias para banho.

Dia 13/12, tiramos a manhã para curtir a Praia de Iracema, que não tem estrutura alguma (zero barracas, vendedores ambulantes, poucos banhistas) mas um mar muuuito gostoso e um banco de areia super limpo! Gostamos mais do banho de mar em Iracema do que na Praia do Futuro.

Chegando na Praia do Futuro, fomos direto para a famosa CrocoBeach, barraca de praia que na verdade é um restaurante com área de lazer completa (música ao vivo, piscina, salão de eventos/festas, sorveteria, mesas ao ar livre e área coberta, loja, salão de beleza, banco 24 horas…). Realmente, estrutura excelente e variada para toda a família, com direito à programação infantil com recreadores para os pais curtirem sem preocupação!

No entanto, a CrocoBeach estava tão cheia, mas tão cheia… que procuramos uma opção mais tranquila, logo ao lado: Santa Praia, uma barraca também com estrutura de restaurante com uma pegada mais saudável, com quadras de tênis de praia e ambiente mais tranquilo! Almoçamos por lá, curtimos um pouco a praia… mas como estava muita muvuca, voltamos final da tarde pra Praia de Iracema, onde Augusto tomou seu primeiro banho de mar!!!

.

 

À noite, demos uma volta na Avenida Beira Mar (o logradouro mais importante da cidade) e depois fomos conhecer o Dragão do Mar, centro cultural com cinema, planetário, museus, teatro, escola de artes, galerias e restaurantes charmosos, especialmente pizzarias e choperias.

O planetário e o cinema estavam fechados, infelizmente. Mas conseguimos ver uma exposição e jantamos no Kais Bar e Restaurante, lugar gostoso e com mesas ao ar livre. Gastamos R$ 87,23. O escondidinho de lá foi um dos melhores que já comi! O centor cultural fica no bairro Praia de Iracema e a programação pode ser conferida pelo site Dragão do Mar.

Dia 14/12 pulamos cedo da cama e fomos passar o dia no Beach Park, o maior parque aquático da América Latina, que fica em Aquiraz, uns 27 Km de Fortaleza. O Beach Park fica numa praia linda, a Porto das Dunas. Ficamos tão empolgados com os brinquedos tri-loucos do Beach Park, que só fomos curtir a praia no finalzinho da tarde, quando o sol já havia se escondido. Apesar do vento, o mar estava uma delícia… água quase morna. A praia é belíssima!!! Vale um dia todo só nela e outro no parque! Você pode se hospedar no Resort do Beach Park, que oferece vários pacotes.

As bilheterias abrem às 10:30 e o Parque Aquático funciona das 11:00 às 17:00 horas. Tomamos um café da manhã reforçado no apartamento, aí nem almoçamos. Os lanches são bem carinhos! Lembro que pagamos R$ 12 no churros e mais de R$ 10 num picolé Dilleto. Gastamos R$ 61 com lanches, R$ 50 com as fotos (opcional comprar), R$ 16 com estacionamento, R$ 22 com locação de armário e R$ 390,oo com as entradas (R$ 195 por pessoa).

Ir ao Beach Park é um passeio caro… mas a adrenalina de descer no Insano e ir nos demais brinquedos radicais valem cada centavo! Para quem tem crianças, o parque conta com um complexo de brinquedos seguros, coloridos e divertidos para os pequenos!

.

À noite, íamos num show de humor, programação muito comum em bares e restaurantes de Fortaleza, que exporta humoristas para o Brasil inteiro! No entanto, chegamos tão cansado do Beach Park, que resolvemos tirar uma soneca e acabamos perdendo a hora. Acabamos indo para o Habib’s pertinho do nosso prédio em Praia de Iracema!

Amamos as esfirras do Habib’s e como não tem em Palmas, dá pra imaginar o quanto nos esbaldamos, né? Depois demos uma volta pelo bairro badaladíssimo e paramos na feirinha de artesanato, que fica no calcadão da praia, mas as barracas já estavam quase todas fechadas, aí desistimos!

Fortaleza é uma metrópole com praias! A cidade é bonita e completa mas, como toda cidade grande, conta com muitas favelas, lugares ermos, regiões descuidadas e repleta de flanelinhas e moradores de rua. Uma cidade que não pára por causa dos turistas! O transito é caótico, exige um pouco de paciência.

Funcionários e moradores do prédio nos recomendaram não darmos sopa com jóias, relógios, câmeras e celulares (aliás, tiramos pouquíssimas fotos por isso). Nem aliança nós usamos! Infelizmente, a cidade é um pouco violenta e o índice de assalto a turistas é alto, apesar de não termos visto nada nesse sentido.

Não nos aconteceu nada, mas passamos por um susto. Chegando no Habib’s achei que seria assaltada… mas o flanelinha, aparentemente embriagado, só queria me dar um susto! Dei uma baita grito e pulei 3 metros, rs. Acho que ele estava afim de se divertir e me escolheu para isso! Graças a Deus foi uma pegadinha, mas ficamos um tanto assustados!

As praias maravilhosas que vemos nos cartões postais e buscas no Google, ficam fora da grande Fortaleza. Como estávamos cansados de estrada (foram dois dias rodando), optamos por aproveitar a Praia de Iracema e do Futuro, deixando o outro dia para o Beach Park. Mas se você for com tempo, recomendo dedicar pelo menos um dia a essas maravilhosas praias:

  • Prainha, cerca de 35 km da Avenida Beira Mar, na direção leste.
  • Praia Águas Belas, em Caponga, a 60 km da Avenida Beira Mar, na direção leste.
  • Morro Branco, onde fica o Monumento Nacional das Falésias, a 62 km da Beira Mar, na direção leste.
  • Canoa Quebrada, cerca de 160 km da Avenida Beira Mar, na direção leste.
  • Cumbuco e logo após a Lagoa do Banana, a 30 km da Avenida Beira Mar, na direção oeste.
  • Lagoinha, a 110 km da Beira Mar, na direção oeste.
  • Praias de Trairi (Flecheiras e Guajiru), a 144 km da Avenida da Beira Mar, na direção oeste.

São praias lindas, cada qual com suas características (falésias, morros, mar calmo, mar agitado, passeios de bugues e quadricículos, etc). Em Fortaleza, muitas agências oferecem pacotes “express” com 2 ou 3 dessas praias num mesmo dia. Conversando com outros turistas e moradores da cidade, concluímos que esses passeios não compensam. O turista fica mais na estrada do que nas praias. A curtição de cada lugar é “vapt vupt”.

Se for com tempo, alugue um carro e vá com sua família e/ou amigos cedo para voltar à noite, nas praias mais próximas. As mais distantes podem fazer parte de um trecho de pernoites… Você pode, por exemplo, separar 3 ou 4 dias para as praias do leste, passando o dia numa praia e no final da tarde se deslocar para a próxima, pernoitando num hotel ou pousada e, no dia seguinte, curtir a praia durante o dia, pegando a estrada final da tarte… até completar o trecho.

Caso goste muito de uma determinada praia, não se apresse em pegar a estrada para a próxima. Férias e lazer são feitas para descanso, diversão e momentos de Paz! Não tem problema se você não conhecer todos as praias e pontos turísticos da cidade ou região. Curta cada lugar e momento no seu tempo!!! Nada de pressa!

Ficamos pouco tempo em Fortaleza e conhecemos pouquíssimos lugares/praias… mas curtimos cada momento! Namoramos, descansamos, relaxamos e deixamos nosso cãozinho se divertir!!!

A próxima parada é Jericoacoara. Não percam o próximo post!

Mora ou já foi para Fortaleza? Contribua com suas dicas nos comentários…

Beijão da Katy!

Katy Madame Amélia