Queridas Madames Amélias, o post de hoje é sobre o penúltimo destino do nosso Diário de Férias pela Bahia e, confesso, lugar que mais amei dessa viagem! Ah, como eu queria ter ficado mais dias nesse paraísooo… Península de Maraú!!!!

.

Península de Maraú

Com pouco mais de 20 mil habitantes, o município de Maraú está localizado em uma península, denominada Península de Maraú, pertencente à Costa do Dendê, Sul da Bahia, entre Itacaré e Morro de São Paulo.

Mas… o que é mesmo uma península??? rs É uma porção de terra é cercada de água por todos os lados, menos por um, que se liga ao continente ou a outra porção de terra maior. Ou seja, é quaaaase uma ilha!

Aliás, a maravilhosa Península de Maraú é uma das áreas mais preservadas da Bahia, graças ao difícil acesso à região… são quase 60 km de estrada de chão e muitosss buracos, mas vá por mim: o penoso trajeto vale a pena!

São aproximadamente 40 quilômetros de praias praticamente desertas, com uma incrível variedade de ecossistemas e belezas naturais: recifes, piscinas naturais, coqueirais, manguezais, cachoeiras e a maravilhosa fauna e flora típicas da Mata Atlântica!

É tanta calmaria e beleza juntas… pena que a estadia foi curta! Apenas 1 dia e meio. Pouco tempo para aproveitar tudo o que a região tem de bom, mas suficiente para deixar aquele gostinho de quero mais:

.

.

COMO CHEGAR:

– De avião: os aeroportos de Ilhéus e Salvador recebem voos diários de várias cidades do Brasil. A distância entre o aeroporto de Salvador e Barra Grande é 296 km e do aeroporto de Ilhéus até Barra Grande, são 130 km. O traslado terrestre pode ser negociado com taxistas e agências nos próprios aeroportos.

– De barco ou lancha: com saídas de Camamu, a travessia é feita até o atracadouro de Barra Grande. O horário de funcionamento é das 6h ás 17h.

– De carro: Barra Grande fica há 66 km de Itacaré, 126 km de Ilhéus e 276 km de Salvavor.

– De ônibus: dá para chegar de ôbinus? Clarooo! Diversas viações fazem o trajeto saindo de Salvador, Ilhéus ou Itabuna até Camamu, de onde se pega uma barco ou lancha para qualquer ponto da Península.

.

COMO NÓS FOMOS…

Partimos de Morro de São Paulo de lancha, do atracadouro pegamos um ônibus – bem fubazento, kkk – até Valença (incluso do ticket da lancha), onde alugamos um carro para o restante da viagem (Península de Maraú e Itacaré). Alugamos na Locar Veículos – 75.3641-6458 ou 75.99968-5707. 

.

ONDE FICAR:

Com toda certeza da vida, no Península Beach Club! Após a desastrosa experiência de hospedagem em Morro de São Paulo (veja aqui!), chegar num hotel tão lindo, confortável e com uma maravilhosa vista para o mar era tudo o que precisávamos…

O Península Beach Club superou nossas expectativas, e olha que nem ficamos na suíte mais luxuosa!

Com atendimento maravilhoso, comida gostosa e ambiente intimista, o hotel conta apenas com 15 suítes e 4 bungalows, todos com vista deslumbrante para o mar, há poucos metros da areia.

Localizado na Praia do Cassange, uma das praias mais exclusivas e lindas da Costa do Dendê (quase deserta), o Península Beach Club além da estrutura maravilhosa, fica apenas há 10 km da Vila de Barra Grande e 7 km de Taipu de Fora, uma das praias mais lindas do Brasil!

O hotel é impecável, cercado de belezas naturais. Tem piscina, área verde, sala de jogos, pizzaria forno à lenha e outras comodidades que não tivemos tempo de desfrutar.

A diária, pelo Booking, saiu R$ 405* em pleno feriado de sexta-feira Santa. Considerando a exclusividade da praia e tudo o mais que citei acima, vale o investimento!!!

Caso deseje uma hospedagem mais simples e, portanto, mais acessível, a dica é hospedar-se em uma das pousadas da Vila de Barra Grande, vilarejo pertencente ao município de Maraú.

CONFIRA! Todas as opções de hospedagem em Barra Grande aqui!

 .

ONDE COMER:

No dia em que chegamos, almoçamos no próprio hotel… não me recordo o nome do prato de todo mundo, mas o meu nhoque de banana da terra com frutos do mar estava uma delícia! Provei o prato do marido e dos nossos amigos, todos deliciosos também!

À noite, fomos para a Vila de Barra Grande, onde cada um comeu uma coisa… pastel, acarajé, churros, paleta mexicana. Almoçamos tarde, então não estávamos com fome para jantar “de verdade”.

Ah, foi a primeira vez que Barbára e eu comemos acarajé. Estava gostoso, beeem recheado de várias coisas, inclusive camarões bem temperadinhos… mas confesso que não morri de amores pela famosa iguaria baiana, não! kkk

A vila é pequena, mas tem opções suficientes de restaurantes, bares, lanchonetes e barraquinhas ao ar livre com comidas típicas da Bahia e da culinária brasileiras para todos os gostos! De tudo o que vimos para comer, achamos os valores justos!

Na manhã seguinte, em Taipu de Fora vimos duas ótimas barracas na praia, Bar das Meninas e  Buda Beach, mas não ficamos em nenhuma, pois fomos apenas curtir o mar pela manhã e na hora do almoço pegamos estrada rumo a Itacaré.

Para usar a estrutura de ambas, inclusive as cadeiras, espreguiçadeiras e guarda sol é necessária a consumação mínima de R$ 200*. Mas, não se desespere: há muitas outras opções por lá!

CONFIRA! Todas as opções de restaurantes & cia. em Barra Grande aqui!

.

O QUE FAZER:

Não deixe de ir na praia de Taipu de Fora! Eleita uma das mais belas praias do Brasil, tem a areia branquinha, lindos coqueirais e uma piscina natural de 1 km de extensão, com peixes de todas as cores, corais e vasta fauna marinha.

Recomendo alugar colete salva-vidas, snorkel e tudo o mais que você precisar para ver tudo de lindo que as piscinas naturais escondem. Cada item custa em média R$ 10*/hora. Já o mergulho com cilíndro, que deve ser o máximo, custa à partir de R$ 140*.

Também amei e recomendo a Praia do Cassange! Deserta, primitiva, cercada de coqueiros e peeensa num mar gostoso, cheio de ondas…

No dia em que chegamos, passamos a tarde curtindo o banho de mar nessa praia linda, em frente ao hotel. Depois ficamos papeando na areia, admirando a paisagem!

Vila de Barra Grande é onde a noite acontece! Pequena e com poucas ruas, é uma vila gostosa de caminhar… cheia de lojinhas de roupas de praia e artigos para turistas; feira ao ar livre com barraquinhas de comida e artesanato; bares, restaurantes e lanchonetes; crianças correndo e música ao vivo de excelente qualidade em diversos pontos!

A região é maravilhosa e repleta de lugares paradisíacos. Nós não tivemos tempo, mas se você pretende ir para a Península de Maraú com mais dias, programe-se para explorar algumas ou todas essas belezas:

  • Praia de Barra Grande
  • Praia Ponta do Mutá
  • Praia Bombaça
  • Praia Saquaíra
  • Praia Algodões
  • Praia Arandi
  • Praia Piracanga
  • Praia de Taipú de Dentro
  • Praia Bombaça
  • Caminhada ao Rio Carapitangui
  • Lagoa do Cassange
  • Cachoeira do Tremembé
  • Baia de Camamu, onde fica a Ilha de Pedra Furada e outras atrações.

.

Você já esteve nesse paraíso? Me conte sua experiência…

Beijo sabor acarajé! 

*Valores em março/abril 2017.