Oooi, Madames Amélias!!!

Tudo bem com vocês? Espero que sim!

Quem me acompanha lá no IG @madame.amelia já deve ter visto a pequena varanda do apê em que moro! Há alguns meses atrás, compartilhei um vídeozinho mostrando como ela é (veja aqui #CasadaMadameAmélia)  e comentei que íamos dar um jeito nela!

O tempo passou e nada fizemos, pois havia a possibilidade de nos mudarmos de cidade e/ou imóvel, então ficamos esperando as coisas acontecerem! As coisas aconteceram (ou, olhando por outro ângulo, não aconteceram, rs): permaneceremos na mesma cidade e no mesmo apê!

Vida que segue… e varanda que me aguarda, rs. A minha é beeem pequena e é aberta, então não é tão simples de decorar e mobiliar. Para me inspirar, dei uma passeada pelo Google e encontrei varandinhas lindas de viver!

Mas não basta olhar uma imagem disponível na internet e reproduzir em sua varanda. Antes de qualquer coisa, é necessário analisar se sua varanda:

1 – É aberta ou Fechada: se for aberta, os móveis precisam ser próprios para área externa, ou seja, feitos de material resistente ao sol e à chuva. Se for fechada, aí é só uma questão de gosto e bolso na hora de escolher a mobília da sua varanda! Outro fator a ser relevado é a cor da parede. Em apartamentos onde a varanda é aberta, normalmente existe uma cor padrão a ser respeitada. Caso seja fechada, uma corzinha diferente ou um revestimento especial pode dar um super tchan no ambiente!

2 – Recebe muito ou pouco sol: flores, folhagens e até mesmo uma mini-horta… varanda combina com vida verde, não é mesmo? Mas antes de escolher plantas para a varanda, observe a incidência de sol sobre ela! Pega muito sol? Faz sombra o dia inteiro? Existem plantas de sombra, meia-sombra, as que precisam de sol intenso e as que se contentam com o solzinho da manhã! Escolha plantas adequadas ao “clima” de sua varanda, para que elas vivam bem e fiquem sempre lindas!!!

3 – Venta muito ou pouco: é bem certo que não podemos prever a velocidade do vento de cada dia, rs, mas dependendo do imóvel e da região em que você mora, dá pra ter noção se venta muito na sua varanda ou não! Morei num apartamento em Maringá em que não dava pra deixar nada leve na sacada! O apê ficava no 21º andar e o vento parecia adorar passar por lá, rs. Chegava a cantar! Em certas épocas do ano, era forte o suficiente pra balançar o blindex! Se sua varanda é assim, evite vasos e objetos de decoração leves ou pendurados na parede ou soltos em prateleiras… principalmente se ela for aberta.

4 – Fica no quarto ou na sala: uma varanda integrada ao quarto pode, perfeitamente, receber uma decor mais intimista, seguindo, inclusive, o estilo de decoração do quarto! Se for integrada à sala, opte por uma decoração que acomode as visitas! Como estamos falando de espaços pequenos, a varanda deve ser um plus na hora de receber! Aqui no meu apê, quero decorar a varanda de forma que caibam duas pessoas sentadas confortavelmente, para poder receber mais amigos de uma só vez, rs.

5 – Pode ser furada ou não: conhecer a estrutura do imóvel faz toda a diferença na hora de decorar! Antes de fazer qualquer coisa na sua varanda, veja onde é possível quebrar sem abalar a estrutura do imóvel e, caso queira furar uma das paredes, verifique se ali não passa encanamento ou fiação! Evite acidentes!!!

Vamos às inspirações? Separei umas varandinhas bem fofas pra vocês:

.

As dicas, são minhas. As imagens, de fontes diversas!

Gostaram das inspirações? Como é a varanda de vocês? Me contem…

Beijão da Katy!

Blog Madame Amélia _ Katiúscia Farias Gutterres