Queridas Madames Amélias…
Vocês já repararam o quanto o mundo mudou dos anos 90 para cá?  Estamos cada dia mais cheias de afazeres, cobranças e, cada vez mais, ouvimos as pessoas falarem sobre estresse!!!

.

O que é estresse?
O estresse é uma reação do nosso corpo a algum fator estressor.
O funcionamento do nosso corpo visa manter o equilíbrio físico e mental, todavia, quando um fator estressor aparece, o corpo entra em estado de alerta, preparando-se para uma reação de luta ou fuga, por meio de liberação de alguns hormônios, como o cortisol. Este estresse, em pequeno grau,  é considerado fisiologicamente normal, sendo benéfico e necessário, pois visa proteger o organismo em situações de perigo, retornando ao desempenho adequado das funções orgânicas e mentais.

No entendo, quando estes estímulos estressores são excessivos e especialmente contínuos, as situações adversas se tornam especialmente aflitivas e exaustivas, caracterizando um quadro de estresse crônico, bloqueando a capacidade de lidar com a situação, impedindo o relaxamento e causando descontrole emocional, esgotamento, cansaço, ansiedade, impaciência e desmotivação.

.

Alguns fatores desencadeadores de estresse:
– Carga excessiva de trabalho;
– Pressão e cobranças;
– Agressões físicas e mentais;
– Pessimismo e baixa autoestima;
– Insatisfação pessoal ou profissional;
– Falta de segurança;
– Transito das grandes cidades ou ambientes muito barulhentos.

.

O estresse crônico pode causar:
– Alterações no sistema imunológico;
– Transtornos de ansiedade;
– Alterações no sistema reprodutivo (impotência, ciclos menstruais desregulados, dificuldade para engravidar);
– Desequilíbrio da microbiota intestinal, obstipação ou diarreia;
– Ulceras, gastrite e colite;
– Câncer;
– Alterações na ingestão de alimentos (falta ou excesso de apetite) e na absorção de nutrientes;
– Aumento da gordura abdominal e obesidade;
– Hipertensão arterial, arteriosclerose e derrame;
– Risco aumentado para aborto,  parto prematuro, prejuízo no crescimento e má formações fetais.
Vocês se identificaram com alguma das descrições acima? Ou estão próximos de quem esta dentro desta situação?
Vejamos, agora, alimentos que blindam nosso organismo e que devemos consumir, pois a alimentação pode auxiliar – e muito – na modulação do estresse crônico.

.

Invista no consumo de peixes, cacau em pó orgânico, chocolate amargo, abacate, oleaginosas, quinoa, açaí, ovo, banana, chás verde, preto e oolong. Todos estes alimentos contém nutrientes  importantes capazes de modular os níveis de cortisol, reduzindo a ocorrência de alterações orgânicas relacionadas ao estresse crônico, por tanto prevenindo doenças.
A nutrição pode te ajudar tanto quanto a medicina! Procure um bom profissional para obter acompanhamento individualizado! Invista em sua saúde e em seu bem estar!!!

Com carinho, Nutri!

Vida Saudável - Nutricionista Letícia Sócio - Vida saudável - Blog Madame Amélia