Madames Amélias Viajantes… como vocês estão?

Os posts das férias em Foz do Iguaçu estão atrasados, perdão. A razão foram os mais de 50 arquivos de vídeo corrompidos e que até agora nenhum profissional em minha cidade deu jeito.

Como a ideia é soltar os posts aqui no blog juntinho com os vlogs lá no canal, fiquei adiando para liberar o conteúdo aqui, até mesmo por ter muita coisa legal gravada que não registrei em fotos… mas como não sei se vou recuperar os vídeos, achei melhor vir logo compartilhar o restante das dicas da viagem no blog!

E o assunto de hoje é chiqueeee: destinos internacionais! kkk

.

Seguinte…

Se você nunca viajou para fora do Brasil, uma ida para Foz do Iguaçu vai lhe proporcionar colocar 2 países na lista de uma só vez: Argentina e Paraguai! Dá, inclusive, para conhecer um pouquinho de cada no mesmo dia. Fizemos assim e deu super certo!

Saímos cedinho com a Loumar Turismo rumo a Ciudad del Este – PY para um dia de compras. Melhor coisa da vidaaa optar pelo Leva e Traz da Loumar! O trânsito em Ciudad del Este é um caos!!!

.

 

A madame ainda inventou de ir na frente! kkk {Obs. tô mto gorda não, a blusa é larga!}

.

Assim como em Pedro Juan Caballero e Salto del Guairá, cidades paraguaias que conheço bem, Ciudad del Este conta com enormes lojas multimarcas, shoppings com dezenas de lojas em todos os segmentos e inúmeras lojinhas de rua (muitas estilo camelô, sem contar os vendedores ambulantes).

Por comodidade e costume, marido e eu ficamos boa parte do tempo no Shopping Paris, mais especificamente numa enorme loja chamada Shopping China, que vende de batom a artigos de pesca! Tem de TUDO, os produtos são originais e o atendimento é excelente!!! Fizemos quase todas as compras lá.

.

.

Entramos em várias outras lojas no Shopping Paris, mas confesso não recorda o nome de nenhuma. Quase enlouqueci nas lojas de artigos de casa e decoração!!!

Batemos perna, também, no Shopping Del Este, onde ficam várias lojas menores mas de preços ótimos! Destaque para a Macêdonia, Casa Bela e Casa Nippon: ótimo atendimento e os preços estavam excelentes em muitos itens que já tínhamos visto no Shopping China.

.

.

Monalisa é uma das lojas mais tracidionais e famosas, mas também onde os preços são mais salgados. A Mega Eletrônicos é maravilhosa para comprar o que o próprio nome já diz: eletrônicos! Mas, não compramos nada! kkk

Minha dica é: se pretende comprar algo específico, pesquise os preços na internet para ver onde está compensando. Assim você não perde tempo batendo perna atrás do mais barato. Mas fiquem espertas! Quando a diferença de preço for gritante em relação às demais lojas, desconfie da procedência ou da qualidade. Fuja, banque a doida, saia correndo, mas não compre!

Confesso que nós não pesquisamos, visto que só íamos comprar miúdezas e já tínhamos em mente quais lojas queríamos ir. Mas pra quem vai atrás de eletrônicos, itens caros ou artigos de luxo, vale a pena pesquisar e já ir direto na loja certa. Óculos de sol e relógios, por exemplo, estavam cerca de US$ 10 a 40 mais baratos na Macêdonia do que no Shopping China. Detalhe: produtos originalíssimos, estava rolando promoção!

Bater perna em terras paraguaias pode ser estressante, um tanto quanto perigoso (embora não tenha visto nenhuma ação suspeita e a cidade estivesse repleta de policiamento) e decepcionante, pois há muitas falsificações em lojas de rua, camelôs e ambulantes.

Sendo assim, verifique o produto, confira a embalagem e, se foro caso, teste na presença de um vendedor antes de efetuar a compra. Sejam espertas! 

Lembrando que a cota alfandegária terrestre é de US$ 300 por pessoa (CPF na nota). Cuidado para o barato não sair caro! Apesar da fiscalização não ser tão acirrada, é melhor não arriscar. Além do mais, se a cota é lei, devemos obedecê-la… certo? É difícil resistir, mas não é impossível!!!

Quanto à moeda, fiquem tranquilas: no Paraguai você paga em reais, dólares ou guaranis. Todavia, há casas de câmbio para efetuar a troca da moeda. Não troquem na rua, com “cambistas ambulantes”. O risco de receber notas falsas é imenso, sem contar a ausência de segurança.

Cartão de crédito e débito são bem vindos, desde que estejam dispostas a pagar o IOF. Usem o cartão apenas em lojas confiáveis e, mesmo assim, fiquem de olho na maquininha enquanto a operação é processada. Ah, em hipótese alguma deixe a Nota Fiscal para trás!

.

No outro dia, voltamos para comprar mais umas coisinhas e conhecer o Museu 3D, que é garantia inúmeras fotos maneiras e diversão para todas as idades! O Museu 3D fica no primeiro piso do Shopping Paris e tem cerca de 4 mil m².

.

.

Desenvolvido por cerca de 40 artistas plásticos de várias partes do mundo, o Museu 3D  poussui mais de 100 imagens, que variam entre lindas, curiosas e divertidas. Também fazem parte da atração uma criativa estação de games, algumas salas de realidade virtual e um maluco labirinto de espelho!

E como saco vazio não pára em pé, quando o estômago chiou lanchamos numa confeitaria super charmosa e gostosa – esqueci o nome – mas é a única com decor romântica e pegada vintage no Shopping Paris. Mais tarde, beliscamos no Café Mollinari, que fica no mesmo shopping.

.

Esse é o charmosinho que não lembro o nome. O Café Mollinari está entre os vídeos corrompidos… 🙁

.

Voltamos para Foz serelepes com as compritchas, dentro da cota, seguros com o transporte da Loumar Turismo e comendo Pringles, é claro! Dizem que se você vai ao Paraguai e não compro batata Pringles, você não foi ao Paraguai. No Brasil também vende, mas “não é a mesma coisa”! rs

De volta ao Bogari Hotel, descansamos um pouco para curtir a noite em Puerto Iguazu – ARG, a menor cidade da Tríplice Fronteira! Charmosa e repleta de bons restaurantes, é nessa estão as Cataratas Argentinas, localizadas no Parque Nacional do Iguazu.

Fizemos o passeio Circuito Iguazu, com a Loumar, cujo roteiro super vale a pena: começa com degustação de queijos, especiarias, doces de leite e alfajores maravilhosos numa lojinha argentina. É claro que compramos umas delícias pra comer em casa! hehe

Depois, partimos para o restaurante Te Amaré Maitena, cuja comida é deliciosaa, o atendimento é ótimo e a música ao vivo de muito bom gosto! Sem contar que a decor é um charme: muitos tons de rosa contrastando com os móveis escuros. Adoramos!!!

Devorada a entradinha, pedi um risoto ao funghi e filé, que estava di-vi-no! Salivei só de lembrar!!! Kadu apostou num prato típico e se deu super bem, o bife de chorizo estava uma delíciaaaa!!!! Sobremesa simples, porém saborosa: sorvete com frutas (não tirei foto, só fiz vídeo pro blog). De chocolate pra mim, de creme para ele!

.

.

Após o jantar, demos uma voltinha pelo centrinho de Puerto Iguazu e partimos, com toda a turma da excursão, para o IceBar Iguazu, o famoso bar de gelo!

Pequeno, zero comidas e muitas opções de bebidas, o Icebar pode chegar à temperatura de -10ºC! Brrrr… que friooo!!! Mas não se preocupem: antes de entrar vestimos roupas especiais.

Fomos atraídos pela curiosidade de entrar num ambiente feito de gelo, pois bebida alcóolica não é o nosso forte. Pra falar a verdade, enchemos a cara, mas de Coca-Cola… estava estupidamente gelada! Também pudera: os copos são de gelo!

Os bancos, a decoração, o balcão do bar… tudo de gelo! A música é animada e a iluminação é agradável. As entradas são realizadas em grupos e duram 30 minutos. Parece pouco, mas é tempo suficiente para tirar fotos, se divertir e beber algumas doses de Coca ou algo mais forte!

.

.

Ah, detalhe importante: a degustação, o jantar, a entrada e o consumo no bar de gelo já são inclusos no valor do passeio que a Loumar Turismo oferece. Super compensa!!!

Essa foi a nossa experiência em Puerto Iguazu, mas a cidade oferece muito mais: cassinos, pontos turísticos históricos, duty free’s (soubemos que os preços não estavam compensando) e, claro, as maravilhosas Cataratas Argentinas, que infelizmente não fomos conhecer.

Nos dias em que estávamos lá, soubemos da aparição de pumas no Parque Nacional do Iguazu, razão pela qual alguns pontos foram interditados. Até dava pra ir. Conversamos com alguns turistas que foram e disseram que é um passeio incrível, mas como não é todo dia que há pumas soltos por aí, resolvemos deixar para uma próxima oportunidade! rs

Infelizmente os detalhes desses momentos deixei pra mostrar no vlog e os vídeos estão corrompidos… mas, o que as fotos não mostram vou resumir em uma frase: viajar pra Foz e dar uma esticadinha na Argentina e no Paraguai VALE MUITO A PENA!!! 🙂

Só sei que o simples fato de atravessar as fronteiras e pisar em solo estrangeiro, ainda que seja por algumas horinhas, é muito gostoso! Povo, costumes, sabores, idiomas diferentes… curto muito tudo isso!!!

.

E vocês, já foram ao Paraguai? Conhecem a Argentina? Me contem… 

Beijão da Katy!