Olá, Madames Amélias!!!

O post de hoje é sobre a correta higienização de frutas, verduras e legumes… parece um assunto batido, mas tem muita Amélinha fazendo errado por aí, então resolvi reunir informações corretas e contar como faço!

Por vezes, em meio à correria, pegamos uma maçã suculenta da geladeira e damos só uma lavadinha, em água corrente… ou, preparando o almoço, em cima da hora, passamos uma água na alface, no tomate, no pepino e mandamos ver na montagem da salada… #quemnunca?

Numa dessas, pode ser que a gente adoeça sem saber o motivo… afinal, a gente jamais se lembrará de contar ao médico que ingerimos fruta, verdura ou legume sem a correta higienização!

Frutas, legumes e verduras (hortaliças) possuem quantidade significativa larvas de insetos e bactérias (entre elas, coliformes fecais e salmonelas) causadoras de infecções intestinais e verminoses. Já os agrotóxicosquando ingeridos em grande quantidade, podem causar cansaço, alergias, irritação na pele e intoxicação… a longo prazo, seu consumo traz consequências mais graves. Alguns estudos apontam, inclusive, relação entre agrotóxicos e vários tipos de cânceres.

Por isso, Amélinhas, devemos higienizar corretamente todas as frutas, legumes e verduras que entram em nossa casa! De preferência, antes de guardarmos na geladeira. E, pasmem, a recomendação do Ministério da Saúde não inclui o uso do vinagre, por não ser suficiente para matar os microorganismos que podem causar doenças.

.

Qual produto usar?

higienicar-verduras-frutas

O ideal é usar produtos especiais para limpeza desses alimentos, à base de hipoclorito de sódio. Eles são encontrados em supermercados, farmácias e alguns postos de saúde, e a embalagem explica como usar: normalmente são algumas gotas por litro de água, na qual deixamos frutas, legumes e hortaliças de molho por cerca de 15 minutos. Depois é só enxaguar com água filtrada para consumo imediato ou secar com pano limpo e seco antes de guardar.

Esses produtos, no entanto, costumam ser caros ou difíceis de achar. Nesse caso, podemos usar a boa e velha amiga água sanitária, que é feita com o mesmo princípio ativo, hipoclorito de sódio. “A diferença entre os desinfetantes para hortifrutícolas à base de hipoclorito (como o Hidrosteril) e a água sanitária que comprova eficácia contra E. coli e E. faecium é o preço: a água sanitária é bem mais barata. A fórmula é praticamente a mesma, e a eficácia é exatamente a mesma (pois ambos os produtos passam pelos mesmos testes)”, explica a Anvisa.

Todavia, não é qualquer produto da categoria que pode ser usado. Verifique se o produto que você tem na lavanderia é adequado! Não use produtos que tragam na embalagem os dizeres: alvejante, limpador, aroma, tira-manchas, etc. Só podemos usar para higienizar alimentos quando está escrito somente “água sanitária”.

Há algumas águas sanitárias, porém, que dizem na embalagem que não devem ser usadas na higienização de alimentos. Segundo a Anvisa, são produtos de empresas que preferiram não passar pelos testes de eficácia contra micróbios.

Então, vale conferir no rótulo de existe alguma recomendação para usar em alimentos ou algum aviso de que NÃO deve ser usado em alimentos. Em menos de 5 minutos no supermercado você achará a água sanitária pura e com recomendação… Não tenham preguiça de ler!!!

.

Como higienizar?

A recomendação do Ministério da Saúde é de 1 colher de sopa de água sanitária por litro de água. Costumo usar copo ou jarra medidora para calcular 1 litro de água! A jarra do liquidificador sempre vem com as medidas.

A própria embalagem das águas sanitárias que possuem recomendação para higienizar alimentos, trazem essa recomendação no rótulo!

Deixe as frutas, legumes e verduras de molho por 15 minutos. Enxágue em água corrente, seque com pano limpo e seco, depois guarde na geladeira.

.

O agrotóxico sai ou não sai?

Segundo a Anvisa, lavar os alimentos em água corrente só remove parte dos resíduos de agrotóxicos presentes na superfície dos mesmos. Os agrotóxicos sistêmicos e uma parte dos de contato, por terem sido absorvidos por tecidos internos da planta, caso ainda não tenham sido degradados pelo próprio metabolismo do vegetal, permanecerão nos alimentos mesmo que sejam lavados.”

Embora a higienização não remova 100% do agrotóxico, removerá uma boa parte, tornando as frutas, legumes e verduras mais adequadas para o consumo.

.

Mais dicas…

.

HIGIENIZAÇÃO FRUTAS LEGUMES E VERDURAS - AGROTÓXICOS - VIDA SAUDÁVEL - BLOG MADAME AMÉLIA

  • Higienize as verduras e guarde-as em potes tampados dentro da geladeira. Seque folha por folha, com papel toalha ou pano limpo e seco. Forre o fundo do pote com papel toalha e coloque as folhas. Tampe bem! Suas verduras vão durar cerca de uma semana.
  • As frutas também devem ser enxutas. Guarde-as em potes com tampa ou sacos plásticos próprios para alimentos.
  • Frutas, legumes e verduras orgânicas não contêm agrotóxicos, mas estão repletas de bactérias e larvas de insetos. Higienize da mesma forma!
  • Entre os alimentos com maior concentração de agrotóxicos, estão o morango, o tomate, o pimentão e a alface. Fique de olho na procedência e capriche na higienização!
  • Frutas e legumes da estação possuem quantidade menor de agrotóxicos, dê preferência a estes, conforme a estação.
  • Dizem que não há necessidade de higienizar frutas com cascas grossas, como laranja, tangerina, melancia, melão, abacaxi e limão… mas recomendo que higienizem, sim! Ao guardá-las partidas, o que está na casca pode contaminar a polpa enquanto estamos partindo, descascando ou ao guardamos o resto na geladeira.
  • Se corto uma das frutas acima, como o melão, já gosto de descascar tudo e guardar picado num pote com tampa.
  • Frutas, verduras e legumes devem ficar dentro da geladeira, devidamente embalados. Frutas como abacaxi, melancia, melão, abacate, entre outras, não necessitam de geladeira antes de serem partidas. Guarde-as longe do sol, da umidade e em lugar arejado.

.

Frutas, legumes e verduras limpinhas deixam sua vida mais saudável!!!

Beijão da Katy!

Katy Madame Amélia