“Seu nome é Amélia?”

“Por que Madame Amélia?”

“Quem é a Madame Amélia?”

Desde que criei o @madame.amelia no Instagram, essas perguntinhas tem sido frequentes por lá! E, talvez, você que está passando por aqui, esteja se perguntando a mesma coisa.

A imagem que temos da Amélia está vinculada à mulher 100% devota aos afazeres domésticos, que passa o dia todo lavando, passando, cozinhando e limpando sem reclamar. A Amélia que a sociedade construiu não tem vaidade, nem folga. Tampouco, privilégios.

Madame, por sua vez, foi estereotipada como a mulher rica e sexy, que não sabe fazer nada, tem tudo o que quer, só anda em cima do salto e amanhece maquiada. É comum dizerem, ainda, que a Madame é fútil, mesquinha, e possui mais beleza que conteúdo.

Levando a cabo esses conceitos, parece até que a figura da Madame e a da Amélia são antônimas, não é mesmo? Completamente incompatíveis! Não sei quem foi que começou com essas histórias… só sei que não é bem assim! 

A verdade é que toda mulher que se dedica integral ou parcialmente à casa e aos cuidados com o marido e os filhos é uma Amélia e isso não tem nada a ver com sua conta bancária ou nível de instrução.

E toda mulher que vez ou outra se permite acordar tarde, comprar um sapato poderoso, dar uma passadinha no salão de beleza ou sair pra tomar um café com as amigas, é uma Madame e isso também não nada a ver com sua conta bancária ou nível de instrução.

O que estou querendo dizer é que todas nós, mulheres comuns, cada qual dentro de suas condições e possibilidades, somos ou podemos ser Madames e Amélias ao mesmo tempo!!!

Exemplo disso é a mulher descrita no Capítulo 31 no livro de Provérbios da Bíblia. Ela cuida de tudo, de todos e de si. Sábia, trabalhadora, bondosa, inteligente, prendada e delicada. É estimada, apreciada e honrada pelo marido! Seus filhos a admiram e todos ao seu redor reconhecem suas virtudes!

Mundialmente conhecida como “A Mulher Virtuosa”, essa mulher é, para mim, o maior exemplo de Madame Amélia que já existiu! Ela conseguiu conciliar todos os seus papéis, encontrou tempo para todas as suas atividades, foi bem sucedida em todos os seus feitos e, principalmente, foi temente a Deus.

A Bíblia não entra em detalhes, mas com certeza não foi fácil para essa mulher exercer tantos papéis e ainda arrumar espaço na agenda para se divertir, relaxar e se cuidar, mas se ela está na Bíblia como exemplo a ser seguido, é porque Deus sabe que temos essa capacidade!

Eu sou uma Madame Amélia.  Seja você também!!!

Beijão da Katy!