Olá Madames, Amélias e Mamães!!

É com muita alegria que venho compartilhar com vocês a notícia de que estou grávida pela segunda vez. Estava em nos nossos planos aumentar a família, mas Dona Cegonha deu uma antecipada na entrega.

Pretendia engravidar após o Pedro completar 2 aninhos. Porém, parei o anticoncepcional em outubro e estávamos usando preservativos. Próximo ao meu aniversário estávamos sem eles em casa e marido insistiu que nada aconteceria… rs.

Em dezembro viajei para casa da minha mãe e Pedro pegou uma virose. Um dia comi açaí e passei muito mal. Acreditava que estava com a mesma virose do Pedro. Conversando com uma amiga no Whats ela me disse: Fabi você está grávida! Eu falei só aconteceu uma vez e no ciclo anterior minha menstruação demorou 35 dias para chegar.

Os dias foram passando e eu acordava de madrugada. Acreditava ser porque dormia a tarde com Pedro. À tarde era um sono super pesado, mas pensava: não dormi bem à noite, então tudo bem dormir pesado durante o dia.

.

Como descobri:

Na noite de Natal fui vestir uma bermuda que havia comprado dias antes e ela ficou apertada. Corri ver a data da última menstruação… dia 11/11!

Abracei Pedro e falei: meu amor esse será nosso último Natal só nós 2. No próximo seu irmão (ã) estará aqui. Me ajoelhei e orei muito agradecendo.

Na manhã do dia 25 fui na farmácia e comprei o teste. Fiz e rapidamente 2 listinhas apareceram. Que misto de emoção!!! Medo, alegria, ansiedade e amor. Contei para minha mãe e pedi para guardar segredo.

.

Como contei ao marido:

Meu plano era dar algo de bebê com o teste para ele. Mas não consegui comprar. Deixei o teste dentro da minha bolsa. Voltei no dia 27 e meu voo era de noite. Naquela tarde não dormir e Pedro não dormiu no voo. Cheguei mega, hiper, super exausta!

Meu marido diz que nem sorri no aero. No caminho para casa só me dizia que parecia que voltei amarrada. Que não demonstrava felicidade alguma de ter o encontrado após 17 dias longe. Eu só reclamava de cansaço… Ele ficou tão decepcionado que pensei: preciso mudar isso!

Pedro dormiu e falei para ele que o presente de Natal estava na minha bolsa. Ele começa a tirar as coisas e achou o teste. Ficou mega feliz e comecei a chorar. Dizendo que a culpa era dele, que eu estava cansada, que ele não entendia (típico drama de gestante) kkkk

Ele me pediu calma e falou que o bebê sentia tudo que eu falava. Que será trabalhoso, mas muito bom criarmos os filhos juntos.

.

Como descobri o sexo:

Fiz o exame de sexagem e entreguei o resultado a uma amiga. Ela encheu vários balões e fomos estourando. Bilhetinhos com: tente o próximo, não foi dessa vez, etc.

Após estouramos uns 20 balões ela levou Pedro no quarto. Ele voltou com mais um balão. Nesse estava escrito: o sexo está no bolo. Ela havia feito um bolo com o recheio da cor referente ao sexo!

Minha amiga filmou! Vejam só:

Foi emocionante para todos nós!!! Reparem na cara do marido duvidando: é truque? kkkk

.

Porque aguardei 12 semanas para contar aos familiares e seguidores:

Frequentava a missa do padre Marcelo Rossi e ele sempre recomendava aguardar as 12 semanas. Nesse período acontecem os maiores índices de abortos espontâneos. Com 8 semanas fiz um US e estava com um sangramento no útero. Precisei usar Ultragestan por 4 semanas. Então, por precaução, aguardei as 12 semanas! Não queria gerar expectativas e correr o risco de frustrá-las!

.

Como estou me sentindo:

Gente, nem parece que estou grávida! Estou super disposta (desde que eu durma)! hehehe

Na gravidez do Pedro não tinha sono, agora tenho um sono incontrolável. Também tenho alguma variação de humor, comum no início de gestação. Mas, tirando isso, a vida está normalzinha! Estamos muito felizes com nossa menininha a caminho!!! Não tenho palavras para agradecer a Deus tamanha bênção!!!

.

E a gravidez vocês, como foi?? Dividam comigo essa alegria!!!

Com amor, Fabi!

Fabi Mãe Madame Amélia